Para quem deseja ter vãos maiores e com menos vigas, além de uma laje com maior capacidade de carga, é melhor optar por uma tecnologia de Laje Protendida, perfeita para hospitais, prédios comerciais ou residenciais.

Talvez muitas pessoas desconheçam as tecnologias que podem ser utilizadas na construção civil, pois muitas vezes as pessoas que trabalham no ramo se prendem ao modo tradicional de construir.

Ainda é muito comum que muitos utilizem as lajes convencionais, que são aquelas que são feitas durante a construção por meio de vergalhões metálicos, sendo a forma mais cara e mais pesada para a estrutura de forma geral.

Quais as vantagens da Laje Protendida?

Sabendo que a laje protendida é a mais indicada para vãos maiores, podemos também entender o motivo de que as lajes convencionais são mais caras e mais pesadas, porém, estas são indicadas para vãos menores.

Também podemos reforçar que a laje protendida se constituem de cordoalhas e cabos junto ao concreto, o que acaba diminuindo a tensão total da estrutura. Sendo, portanto, mais resistente, precisando de menos pilares e vigas.

protendida

Depois de compreendermos um pouco mais sobre as lajes protendidas, podemos então mostrar outras vantagens desta, são elas:

Tipos de laje protendida

Existem alguns tipos de lajes protendidas, mencionaremos abaixo:

Laje maciça protendida

É uma laje que possui espessura maior do que 16 cm, sendo utilizadas cordoalhas engraxadas para sua propensão. Possui um apoio direto nos pilares, exigindo esforços de punção ou uso de capitéis.

Os traçados dos cabos são parabólicos para manter o equilíbrio dos esforços da laje. O funcionamento da estrutura depende exclusivamente da obediência ao traçado indicado em projeto;

Laje nervurada protendida

É uma laje que possui os cabos posicionados no interior das nervuras, utilizando-se cordoalhas engraxadas no processo.

As lajes nervuradas podem ser apoiadas diretamente nos pilares, sendo utilizados os capitéis; ou apoiadas por sistema com vigas faixa, que são vigas faixa que podem ser protendidas.

Lajes treliçada protendida

Ótima opção para grandes vãos, são protendidas na indústria com fios de aço aderentes, muito similar às lajes treliçadas convencionais, pois a protensão já chega pronta na obra.

Também possui outra vantagem que é a redução de escoramentos, além de um melhor controle de flechas e até mesmo do custo final da obra;

Laje alveolar protendida

Sua composição é realizada por meio de painéis de concreto pré-fabricado e protendidos. Seus painéis são produzidos com concreto de alto desempenho com alvéolos ao longo do seu comprimento.

Laje steel deck protendida

Possui a capacidade de alcançar vãos ainda maiores e resistir a carregamentos mais altos. São utilizadas para a sua protensão, cordoalhas engraxadas, somente após a concretagem.

Quais as desvantagens da laje protendida?

Com tantas vantagens, é possível questionar quais as desvantagens, porém, muitos encaram apenas como desafios, são elas:

Assim, como mencionamos logo no início, podemos encarar como desvantagens, mas podem ser encaradas simplesmente como desafios que podem ser superados para usufruir dos muitos benefícios do concreto protendido.

Conclusão

Desta forma, utilizar as lajes protendidas são um desafio para muitos que inclusive são experientes na área da construção, mas que possivelmente ainda não tiveram contato com as técnicas de concreto protendido.

O ideal é que os profissionais se especializem em concreto protendido para que possam atuar com mais segurança e firmeza, visto que os cálculos são muito específicos e precisam ser mais exatos possíveis.

Assim, quando optar por utilizar o concreto protendido, é importante saber quem irá realizar o projeto e se possui experiência com outras obras, ou seja, é necessário possuir referências anteriores para evitar possíveis transtornos.

Desta forma, a laje protendida é a melhor opção para quem deseja realizar projetos de vãos maiores, assim, é importante que a análise total do projeto é compatível com o orçamento da obra e com a técnica que deverá ser aplicada.

Uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *