Site Loader
Orçamento
laje

Você está construindo? Vai construir? Então, provavelmente vai ouvir ou já deve ter ouvido falar de laje e da necessidade dela na construção, pois é um dos elementos estruturais de uma edificação.

Na hora de escolher o tipo de laje, muitas dúvidas podem surgir a respeito, pois existem lajes de vários tipos, que dependendo do projeto de engenharia pode ser mais interessante determinado modelo do que outros.

Para discernir melhor as lajes, é interessante conhecer as possibilidades e o aspecto de importância delas para a edificação.

O que é laje?

As lajes são importantes para a estrutura de um edifício, ou seja, um dos elementos mais importantes dos projetos da construção civil.

São estruturas horizontais planas que funcionam como cobertura, forro ou piso de um projeto de construção civil, elas se apoiam nas vigas que, por sua vez, se poiam em pilares, ou seja, o peso do edifício comumente fica distribuído entre suas partes.

A estrutura de uma laje é de uma placa em que o comprimento e a largura são maiores que a espessura, com cargas transversais a ela e submetida à flexão.

Dependendo do modelo algumas podem gerar flechas muito grande ou vibrações excessivas.

Portanto, na escolha do modelo de laje é necessário que se observe suas características, bem como a estrutura do edifício para observar a que melhor se adequa, essa definição da estrutura da laje, comumente, pode ser realizada com a ajuda do arquiteto.

No Brasil, por exemplo são bastante comuns, mesmo em casas com telhado, pois ela é utilizada com função de forro, de isolamento térmico e acústico.

laje

Principais tipos de lajes

Os principais tipos de lajes utilizados são: laje maciça, laje nervurada, laje pré-moldada, laje cogumelo, laje alveolar.

Laje maciça

Esse modelo é considerado o modelo clássico e, culturalmente, no Brasil, é o tipo de laje mais utilizado.

Ela é moldada no próprio local, e constituída de uma malha de vergalhões de aço e concreto lançado sobre uma forma, normalmente de compensados de madeira. Após a cura do concreto a laje está pronta.

Como o próprio nome e a sua construção mostram, é uma laje maciça e geralmente é usada para vãos pequenos, mas pode ser usada em vãos maiores, entretanto, por conta do peso, pode necessitar de custos maiores para que a estrutura que a suporte seja resistente.

Laje nervurada

As lajes nervuradas, são conjuntos de vigas em T, com nervuras em uma ou duas direções.

Tal como as maciças, as nervuradas, também são fabricadas no local da obra.

Sua estrutura é constituída de nervuras interligadas por uma capa de compressão, feitas sobre formas que moldam essas nervuras.

As lajes nervuradas têm uma estrutura mais leve que a maciça e isso também significa que seu custo é mais reduzido, além do mais é recomendada para vão maiores, e ainda pode ser opcional deixar as nervuras aparentes, ou ter um forro para gerar um acabamento liso.

Laje pré-moldadas

Por ter baixo custo e por poderem ser utilizadas em edificações uni e multifamiliares, as lajes pré-moldadas (ou pré-fabricadas) estão entre as que mais tem gerado demandas.

Esse tipo já é próprio para a instalação após a estrutura da obra pronta. Como existem algumas categorias de lajes pré-moldadas vão se diferir por conta do material usado para formas as placas de concreto.

Tipos de lajes pré-moldadas:

Laje de poliestireno (isopor)

São formadas por vigotas de concreto em que os espaços entre elas são ocupados por blocos de EPS (isopor). Essas geram facilidade de manuseio e de instalação.

Laje treliçadas (painéis de treliçados)

Os painéis treliçados têm vigotas mais largas que os outros tipos. Os painéis de concreto encostam uns nos outros. A estrutura superior conta com vigotas treliçadas de metal para garantir resistência (o enchimento pode ser cm isopor). Posteriormente a cobertura dessa laje é feita com concreto.

Laje de cerâmica

São formadas por vigotas de concreto em que os espaços entre elas são colocados lajotas de cerâmica que, posteriormente, são cobertas de concreto. Esse tipo é mais indicado para residências pequenas.

Laje alveolar

Seu nome se dá por conta da presença de alvéolos no interior das placas pré-moldadas. Esse tipo é prática para enxugar o cronograma de execução da obra, porém é preciso a utilização de equipamentos para içar as peças.

As lajes pré-moldadas, comumente são menos pesadas que as maciças e também demandam menos custos, pois reduz a demanda de formas e, consequentemente, diminuem os resíduos no canteiro de obra.

Laje cogumelo

A laje de cogumelo recebe esse nome porque a estrutura requer apenas pilares e capitéis, assim, os capitéis, mesmo que possam ser de diferentes formatos, tem semelhança a cogumelos.

A estrutura da laje cogumelo acaba trazendo mais iluminação e ventilação e geralmente mais luz, pois não é necessário vigas para sua sustentação.

Por que a escolha da laje é importante?

Para quem está envolvido com construção, tem que observar muito bem todo o material que irá utilizar para que não sujam transtornos futuros e isso quer dizer pensar nos materiais que serão utilizados desde a estrutura até os acabamentos da obra.

No que concerne a estrutura de uma obra, a laje é fundamental e como há muitos tipos no mercado é importante que se escolha a adequada para o padrão da obra, por isso a escolha dela é tão importante.

Caso haja dúvidas a respeito é muito importante pesquisar, observar as vantagens e desvantagens e pedir sugestão de profissionais.

Post Author: admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *