Site Loader
Orçamento
Laje de isopor

A construção parece que ganha uma vida com a colocação da laje, já que é um elemento fundamental da edificação e está ligada não só à parte estética, mas a qualidade, resistência, durabilidade e economia.

Entretanto, sua escolha pode gerar um arsenal de dúvidas, já que há vários tipos de lajes e de possibilidades, portanto, é comum essas dúvidas.

Como decidir qual tipo de laje usar?

O tipo de laje deve ir de encontro com as necessidades e com as características da obra e do projeto arquitetônico, para que futuramente não gere transtorno.

Por isso, a importância de conhecer os tipos de lajes, os tipos de materiais usados em sua produção e assim determinar o modelo que melhor convém.

A escolha da laje pode e até mesmo deve ser feita junto com o responsável técnico da obra, para que ele avalie os tipos possíveis e veja a que se adapta ao projeto.

Por tanto, se você está em dúvida em relação as opções de materiais, principalmente em questão ao uso da laje de isopor ou de cerâmica, elencamos algumas vantagens e desvantagens.

Laje de isopor

A laje de isopor, também conhecidas como lajes EPS (Poliestireno Expandido), é uma das mais modernas opções de lajes e, também, é considerada a mais ecológica, isto é, não prejudica a natureza, além do mais o material é completamente reciclável.

Laje de isopor

Esse tipo de laje ainda tem outras vantagens como:

  • Torna o forro mais leve
  • Leve de manusear (na hora da montagem e transporte)
  • Facilita as instalações elétricas e tubulações
  • Não absorve água
  • Tem bom isolante térmico e acústico

Contudo, a laje de isopor não apresenta apenas vantagens, como todas as coisas na vida, há também algumas desvantagens que merecem ser conhecidas e avaliadas.

  • Dependendo do local, seu custo pode ser mais elevado do que as outras opções;
  • Exige gastos adicionais com material de acabamento (cola especial);
  • Requer reforço para instalação de estruturas na parte inferior da laje;
  • Possui limitações de vãos e cargas;

Laje de cerâmica

As lajes de cerâmicas se sobressaem por terem baixo custo, favoráveis para quem quer uma laje com um preço acessível, entretanto, elas não são apenas boas opções quando avaliadas o custo, apresentam muitas vantagens, entre elas:

  • Podem ser rebocadas;
  • Tem bom isolamento térmico e acústico;
  • Facilita as instalações elétricas e tubulações;
  • Pouca probabilidade de trincas e fissuras;
  • Bom para ambientes menores.
Laje de cerâmica

Porém, tal como as lajes de isopor, as lajes de cerâmicas, também, apresentam algumas desvantagens que merecem ser observadas por quem planeja utilizá-las, como por exemplo:

  • É mais pesada que a laje de isopor;
  • As lajotas de cerâmica são frágeis (podem quebrar no transporte, na colocação e na concretagem);
  • É inadequada para ambientes maiores.

Qual a melhor?

A escolha da laje deve ir de acordo com o projeto arquitetônico, por isso é importante pedir a opinião do técnico responsável pela obra, pois além do custo-benefício que todos almejam.

Outro ponto de suma importância é observar os aspectos em relação à segurança que a laje oferece para sua construção.

Como a laje é um elemento estrutural da obra, sua escolha deve ser feita baseada no tamanho do vão.

Se mal especificada, mal colocada ou feita uma economia excessiva pode gerar trincas e possíveis riscos de desabamentos.

Desse modo, tanto as lajes de isopor, quanto as de cerâmicas são boas, entretanto, é impossível determinarmos qual a melhor para sua construção.

Por conta de existirem vários fatores, principalmente considerando a planta da edificação e questões de segurança que devem envolver a escolha.

Portanto, se você estiver em dúvida a respeito de qual laje usar, se de isopor ou de cerâmica, observe suas vantagens e desvantagens, bem como procure sempre a orientação técnica do profissional.

Post Author: admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *